Realidade Aumentada No Trabalho

Realidade Aumentada no trabalho – como essa tecnologia promete mudar a realidade das empresas

Por enquanto, o uso dessa ferramenta se limita – e muito – aos games, mas em um futuro bem próximo, estará no nosso dia a dia.

Embora não seja exclusivo para os videogames, a Realidade Aumentada se popularizou bastante com o lançamento de Pokémon GO, desenvolvido pela Niantic e licenciado pela The Pokémon Company e a Nintendo, detentores dos direitos dos monstrinhos.

Trata-se de um jogo onde o jogador utiliza o celular para capturar as criaturas que dão nome ao jogo na rua, em casa ou onde mais estiverem.

O recurso da realidade virtual utiliza a câmera dos smartphones e tablets para mostrar os bichinhos no ambiente real e, desde o seu lançamento, tornou-se uma verdadeira febre.

Agora, vamos aplicar esse tipo de tecnologia no ambiente de trabalho. Imagine ter seus relatórios e documentos abertos fora da tela do computador, enquanto você trabalha em outra coisa. Agora, imagine poder mover esses documentos com um simples toque no ar!

É como se eles estivessem lá, como se fossem tocáveis. Mas, na verdade, eles só são visíveis por você e quem mais estiver utilizando a tecnologia de realidade aumentada.

Esse conceito se prova bastante promissor para reuniões, demonstrações de projetos e outras situações que envolvem a presença de itens que, antes, estariam presentes somente na tela do computador ou dos smartphones.

Dessa forma, os processos se tornam mais ágeis, é possível trabalhar com mais telas que o computador ofereceria e garantir maior produtividade para o trabalho.

É claro que nem todos os funcionários são capazes de lidar com esse tipo de tecnologia, por enquanto. Além disso, vale destacar que não são todos os setores e departamentos que deverão usufruir desse tipo de tecnologia.

É possível ainda, aplicar a realidade aumentada para treinamentos de profissões que envolvem risco, como as que incluem combate ou o manuseio de produtos químicos ou biológicos.

Mecânicos e profissões similares também poderão fazer uso dessa tecnologia e, através da internet, os dados poderão ser transmitidos em tempo real, gerando relatórios de performance sobre os envolvidos.

Imagine não precisar mais contratar profissionais para supervisionar todas as etapas dos processos seletivos, sendo que o próprio sistema medirá o desempenho dos candidatos que, mediante a um teste com a realidade aumentada, terão sua performance comparada a uma média pré-definida.

Esse é um dos exemplos mais reais e interessantes para quem deseja utilizar essa tecnologia no futuro.

Ainda que pareça um sonho distante, é preciso destacar que a tecnologia para isso já existe e que ela está em constante desenvolvimento.

Realidade Aumentada x Realidade Virtual

A principal diferença entre esses dois termos é que a Realidade Virtual é, como o nome sugere, um ambiente que promove imersão dentro de algo inexistente, criado por um computador, enquanto a Realidade Aumentada mescla o real com o virtual, fazendo uso de ambas as esferas.

Por enquanto, a Realidade Virtual não é algo palpável. Criar um mundo e colocar um usuário dentro dele é algo extremamente complexo e, além disso, ainda não possui utilidades definidas para o ambiente de trabalho, embora especule-se que será possível criar treinamentos ainda mais realistas com essa nova tecnologia.

Agora você sabe o que é a Realidade Aumentada e como ela poderá influenciar no seu ambiente de trabalho nos próximos anos. Que tal conferir exemplos já existentes dessa tecnologia para o trabalho e para o entretenimento? Clique aqui!

E, se você possui dúvidas, entre em contato com a Deltime. O nosso negócio é desenvolver soluções para os seus desafios.

Muito sucesso e até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *